SINCODIV/SE - Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veîculos do Estado de Sergipe.

NotíciasSaiba tudo que acontece no setor.



Mar 09 2015

Motos correspondem a 33,1% da frota de veículos em Sergipe

  •  Segunda, 09 de Março de 2015.

No cenário cotidiano do trânsito aracajuano, elas estão por todos os lados e muitas vezes conduzidas, seja homem ou mulher, por pessoas que se lançam ao desafio de costurar os automóveis pelas vias da cidade.  São as motocicletas, a opção adequada para quem deseja aliar economia, praticidade e agilidade nas idas e vindas aos destinos rotineiros.  Segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran),  a frota duas rodas em Sergipe é de 207.882 unidades, sendo que 53.378 estão na capital.  Diante dessas estatísticas é possível verificar que as motos correspondem a 33,1% de toda a frota veicular do estado, perdendo apenas para os automóveis, cuja participação é de 45,2%.

Números que refletem a movimentação de um mercado que tem a expectativa de pisar no acelerador  nos próximos meses, uma vez que tem sido a alternativa de quem deseja dar um drible nos gastos com combustíveis, cuja alta tem atingido o bolso de forma significativa. É, aliás, uma perspectiva do gerente geral da Aribé Motos, Ricardo Andrade, que já destaca a quantidade de unidades vendidas nos primeiros dias do mês de março. “Já alcançamos mais do que o dobro de motocicletas comercializadas durante o mesmo período do ano passado. Então, é muito bom para gente, nesse momento em que economistas apontam expectativas tímidas em diversos setores. Nós mantemos um ritmo de vendas graças aos constantes investimentos em infraestrutura, tecnologia e treinamento de nossos colaboradores, possibilitando uma melhor prestação de serviços aos nossos clientes. Além disso, tem a questão da procura do produto por conta da alta da gasolina e a moto é mais econômica. E nós já começamos a sentir essa situação ”, afirmou.

Em fevereiro, segundo os dados da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave) e o Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos de Sergipe (Sincodiv-Se), foram vendidas 1.249 motocicletas, chegando o acumulado dos dois primeiros meses deste ano em 2.893 unidades. Desse total, 90,01% é de participação da Honda que lidera o ranking de vendas, ocupando os três primeiros lugares com os modelos foi Honda CG150, Honda Pop 100 e Honda Biz.

Na área de atuação da Aribé Motos, que abrange 15 municípios, a exemplo da capital e que integram a Grande Aracaju, a participação chega ser de 86%. “A maior concentração está em Aracaju e região metropolitana. E no interior, a região de Itabaiana é quem lidera, sem dúvida. A motocicleta é muito utilizada pela praticidade e baixo custo, então acaba sendo a opção de muita gente”, afirmou Ricardo Andrade.

Ainda segundo ele, a mantença nos altos lugares dos mais vendidos do setor está relacionada à qualidade do  produto Honda, que não dispensa conforto e tecnologia em seus modelos. “a Honda utiliza tecnologia de última geração, tem acabamento e itens de segurança que proporcionam uma condução confortável e segura aos nossos clientes. Além disso, a Honda tem respeito ao meio ambiente, adotando medidas que visam a preservá-lo. Diante de todo essas características, ela consegue atender ao perfil dos nossos clientes e se mantém líder”, declarou.