SINCODIV/SE - Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veîculos do Estado de Sergipe.

NotíciasSaiba tudo que acontece no setor.



Out 08 2014

Empresas aceleram tomada de recursos em setembro

  •  Quarta, 08 de Outubro de 2014.

Companhias brasileiras captaram em setembro R$ 4,655 bilhões no mercado de capitais doméstico. O volume é 31,91% maior que o registrado em agosto, mas é menos da metade do montante levantado em setembro do ano passado, mostram dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

No mês passado, as operações foram impulsionadas pela liquidez disponível no mercado, pela volta dos investidores das férias de verão do Hemisfério Norte e pela euforia com pesquisas eleitorais que então mostravam chances de Marina Silva (PSB) derrotar Dilma Rousseff (PT) nas urnas. "As empresas estão esperando o cenário de volatilidade se acalmar para fazer ofertas de ações", afirmou ontem Carolina Lacerda, diretora da Anbima, em teleconferência com jornalistas.

Segundo ela, há operações represadas tanto na renda fixa quanto nas ofertas de ações. "Tem volatilidade eleitoral, uma possível mudança de política econômica. Então, é natural que as empresas esperem um pouco para fazer investimentos", disse.

Na renda fixa doméstica, destacaram-se em setembro as emissões de debêntures (R$ 2,570 bilhões), que voltaram a crescer depois de um mês de agosto marcado por operações de prazo mais curto. Para a diretora da Anbima, entretanto, é cedo para dizer que essa é uma tendência.

As emissões de bônus no exterior, por sua vez, totalizaram US$ 3,21 bilhões no mês passado, pouco abaixo dos US$ 3,4 bilhões vistos em setembro de 2013.

Fonte: Valor Econômico – Finanças