SINCODIV/SE - Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veîculos do Estado de Sergipe.

NotíciasSaiba tudo que acontece no setor.



Nov 27 2017

Fiesta aposta em conectividade para brigar com Polo e Argo

  •  Segunda, 27 de Novembro de 2017.

O segmento de hatchs compactos premium aqueceu bastante com a chegada de novos concorrentes, como o novo Volkswagen Polo e o Fiat Argo, que se juntaram a modelos como Citroën C3 e Peugeot 208. Diante deste novo cenário, a Ford lançou na sexta-feira, 24, o Fiesta 2018, com as principais mudanças focadas no visual e no nível de conectividade e preços de R$ 56 mil 690 a R$ 75 mil 190.

No visual do Fiesta 2018 as mudanças são: nova grande frontal, novo para-choque e capô, faróis com luzes de condução diurna. Na traseira, destaque para as lanternas e para o para-choque. Internamente, o sistema multimídia passa a ter tecnologia do SYNC 3, que é usada em modelos mais caros, como o Fusion e o Ecosport. Houve alteração ainda na calibração dos amortecedores e na densidade da espuma usada nos bancos.

Se o interior e o visual mudaram, sob o capô as opções continuam as mesmas, motor sigma 1.6 flex de 125 cv de potência a gasolina e 128 cv a etanol e 1.0 Ecoboost também de 125 cv. As opções de câmbio também seguem iguais: manual de cinco marchas e automático de seis velocidades e dupla embreagem.

Diferentemente do lançamento do novo Ecosport, quando a Ford investiu pesado e renovou praticamente todo o interior do SUV e mudou um pouco do visual, no Fiesta 2018 os gastos foram menores e, segundo fontes ligadas à empresa, isso aconteceu porque o segmento de SUV está mais aquecido e a fabricante precisava investir mais para continuar sendo competitivo e conseguir concorrer com modelos como Honda HR-V e Hyundai Creta, enquanto no segmento de hatchs compactos premium a empresa acredita que essa mudança no Fiesta é suficiente para continuar competitiva e manter seu espaço.

A companhia não trabalha com expectativa de vendas, mas o gerente de marketing da empresa, Fernando Pfeiffer, comentou sobre o assunto: “Se você perguntar se eu estou satisfeito, falarei que não, sempre há espaço para crescer e queremos continuar ganhando mercado com esse modelo”. Atualmente, a média de vendas do Fiesta é de 1,5 mil unidades, com 15 mil 664 emplacamentos de janeiro a outubro, segundo os dados divulgados pela Fenabrave.

Novo motor 1.5 Dragon

O motor flex 1.5 Dragon que fez sua estreia no Brasil no Ecosport sendo importando da Índia, era cotado para ser usado no Fiesta, porém a Ford optou por seguir com as mesmas opções de powertrain.

Mas isso poderá mudar, pois esse novo motor está em processo de homologação no Brasil e começará a ser produzido em menos de seis meses na fábrica de Taubaté, SP, junto com o sigma, que não sairá de linha. Com a nacionalização do motor e com a informação de que a empresa já pensou em equipar o Fiesta com essa motorização, novidades podem surgir em 2018.

Preços e Versões

New Fiesta 1.6 SE – R$ 56 mil 690

New Fiesta 1.6 SE Style – R$ 59 mil 590

New Fiesta 1.6 SE Plus Powershift – R$ 62 mil 390

New Fiesta 1.6 SEL – R$ 61 mil 090

New Fiesta 1.0 Ecoboost Style – R$ 69 mil 970

New Fiesta 1.6 Titanium – R$ 71 mil 190

New Fiesta 1.6 Titanium Plus - R$ 75 mil 190

 

Fonte: Autodata – Online