SINCODIV/SE - Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veîculos do Estado de Sergipe.

NotíciasSaiba tudo que acontece no setor.



Nov 17 2016

Confira os cinco lançamentos mais importantes do Salão do Automóvel

  •  Quinta, 17 de Novembro de 2016.

Depois de um ano cheio de lançamentos, sobrou pouca coisa para o Salão do Automóvel de São Paulo. Ainda assim, entre alguns conceitos e versões de carros que já conhecemos, tivemos bons anúncios de modelos inéditos para o Brasil, muitos deles com previsão de chegar às concessionárias em 2017. Então, confira a seguir detalhes dos cinco lançamentos mais importantes da edição deste ano do salão.

GM

Uma das duas novidades da General Motors é o Chevrolet Tracker, versão reestilizada do SU V compacto importado do México. Além do novo design, mais alinhado com a linguagem iniciada pelo Cruze, também ganhou o motor 1.4 turbo, de 153 cv da segunda geração do sedã. A nova motorização irá ajudar o utilitário a ser mais ágil e econômico, tornando-se uma opção interessante no segmento - isso se a GM não aumentar demais o preço.

FORD

O Mustang finalmente será vendido no Brasil, depois de anos de espera. Grande anúncio da fabricante para o salão, o cupê esportivo estará nas concessionárias no final de 2017, com entrega para os clientes em 2018. A Ford não falou sobre versões, mas o esperado é que sigam a estratégia da GM, oferecendo apenas a configuração com motor 5.0 V8 de 441 cv, tanto no modelo cupê quanto no conversível.

HONDA

A montadora japonesa apresentou o WR - V. Embora a marca o trate como um SUV compacto, o que vimos no evento parece mais um Fit aventureiro (da mesma forma que o extinto Fit Twist). Não é para pouco, já que todo o design é semelhante, além de usar a mesma plataforma. A expectativa de preço gira em torno de RS 60 mil.

HYUNDAI

Aguardado há anos, o Creta será o competidor de verdade da marca coreana no segmento dos SUVs compactos. Enquanto o ancião Tucson continuará sendo vendido, o Creta irá bater de frente com Honda HR - V e Jeep Renegade será produzido na fábrica em Piracicaba e chega às lojas em janeiro de 2017. em versões com motor 1.6 de 130 cv e 2.0 de 166 cv a partir de RS 70 mil.

RENAULT

Os franceses tam -bem querem competir com os SUVs compactos mais caros. Ao invés de subir o Duster, decidiram deixá-lo na faixa de preço mais baixa e produzir o Captur, modelo com pegada mais premium. Vai trabalhar com duas opções de motor, o 1.6 e 2.0. da mesma forma que o Duster, com cambio CVT para o modelo topo de linha e preço aproximado de RS 70 mil.

Fonte: Diário de São Paulo - Automóveis