SINCODIV/SE - Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veîculos do Estado de Sergipe.

NotíciasSaiba tudo que acontece no setor.



Out 19 2015

Novo Centro de Convenções terá capacidade para 5 mil pessoas

  •  Segunda, 19 de Outubro de 2015.

O Governo do Estado investe R$ 20.735.869,05 milhões na reforma do Centro de Convenções para movimentar o setor de turismo de negócios. Com a reforma, Sergipe poderá receber eventos de grande porte e passará a concorrer com outros destinos de negócios, uma atividade que movimenta o Nordeste.

A obra, que está sendo realizada através de recursos do Ministério do Turismo, está sendo executada pela Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop). O novo CIC tem data prevista para ser entregue em fevereiro de 2017 e a expectativa é que Sergipe passe a ter 25% de representatividade no turismo de negócios e eventos.

Turismo de Negócios e Eventos compreende o conjunto de atividades turísticas decorrentes dos encontros de interesse profissional, associativo, institucional, de caráter comercial, promocional, técnico, científico e social. Essa definição do Ministério do Turismo sobre a modalidade demonstra o que o espaço do novo Centro de Convenções vai representar para o segmento em Sergipe.
 
De acordo com Secretário de Estado do Turismo e Esporte, Adilson Junior, o novo espaço movimenta o turismo e a economia local. “Sergipe vai se tornar mais competitivo na captação de grandes eventos. Será um desenvolvimento significativo para a economia local, visto que o turista que visita o estado para participar desses eventos gasta cerca de 125% a mais do que um turista de lazer”, conta o secretário Adilson Junior.

Estrutura

A reforma do Centro de Convenções vai apresentar algumas mudanças na área que atualmente é 8 mil m². O novo pavilhão está sendo construído no terreno ao lado, onde funcionava o antigo Centro de Treinamento da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), e será anexado ao espaço atual, totalizando 14.000 mil m² e aumentando a capacidade total do CIC para 5.000 mil pessoas.

Segundo o gerente da obra, Paulo Portugal, o pavilhão contará com oito auditórios removíveis com capacidade para 1.400 pessoas. “Será uma inovação porque poderemos aproveitar melhor os espaços e, junto com a área já existente, receber eventos de grande porte”, explica.
 
A sala principal do novo CIC será climatizada, o telhado está sendo trocado e receberá tratamento acústico, além da criação de aproximadamente 100 novas vagas de estacionamento. A construção de rampas de acesso a pessoas com deficiência e elevadores também facilitarão a mobilidade dos visitantes.

Secretário de Infraestrutura, Valmor Barbosa, informou que a obra gera 150 empregos diretos e tem previsão de ser entregue em 18 meses. “A obra segue dentro do cronograma normal. Estamos praticamente construindo um novo Centro de Convenções”.

Para a presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos de Sergipe (Sincodiv-SE), Cynthia Faria Souto, a reforma dará conforto ao público que frequenta o espaço durante eventos. “Essa iniciativa do Governo em melhorar a estrutura física do CIC é muito importante porque teremos eventos maiores. O setor de concessionárias de veículos espera ansiosamente pela reabertura do espaço”, disse.

O último Feirão realizado pelo Sincodiv/SE atraiu mais de 4 mil visitantes e mais de 320 negócios foram firmados em três dias de evento. “Esses eventos movimentam a economia e proporcionam grandes oportunidades para o povo de Sergipe”, finaliza Cynthia.

Já a presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Sergipe (ABIH/SE), Daniela Mesquita, informou que a rede hoteleira também será beneficiada. “O investimento no CIC vai fazer com que Sergipe se torne um destino atrativo para o turismo de negócios e o reflexo vai ser direto na ocupação máxima dos hotéis, além da movimentação de bares e restaurantes localizados nas proximidades dos locais de hospedagem de quem vem ao estado participar dos eventos”, conta.

Turismo

Atualmente, o estado tem investido mais de R$ 50 milhões em obras de infraestrutura que incrementam o turismo, segundo segmento que gera mais empregos em Sergipe, ficando atrás apenas da construção civil.

De acordo com o secretário Adilson Junior, o ramo do turismo movimenta 52 setores da economia. “Essas ações que o governo tem feito como a divulgação do turismo em outros estados, capacitação de agentes, obras de infraestrutura, além da ampliação do número de voos no aeroporto, são iniciativas que visam fomentar a economia e gerar cada vez mais empregos”, disse.

Obras de infraestrutura turística estão sendo realizadas pelo governo em Canindé - segundo destino mais procurado por quem visita Sergipe - Lagarto, Laranjeiras, Estância e Itaporanga.

Fonte: ASN